Feeds:
Posts
Comentários

Archive for fevereiro \29\UTC 2016

Estudos da Revista Espírita

Amigos e amigas do blog Divulgando a Doutrina Espírita, eis um registro histórico de valor inestimável: o primeiro exemplar da Revista Espírita (Janeiro de 1858), no original francês, digitalizado.

Confira no link abaixo:

http://www.iapsop.com/archive/materials/revue_spirite/revue_spirite_v1_1858.pdf

Read Full Post »

Bom ânimo

Faixa Bom Ânimo

O ambiente do hospital era sufocante.

A visita a um amigo ou parente ou mesmo uma missão de ajuda ao próximo apresenta uma conotação própria. Ir à busca de auxílio para si mesmo, entretanto, é coisa bem diversa, diferente. Assusta. Nossa fé na maioria das vezes é claudicante, tênue, senão ausente.

Naquele dia, experimentava, pessoalmente, a contrariedade da situação de enfermo. Era o paciente, internado na busca de melhoria para os males que refletiam no corpo físico. A pressão arterial estava alterada, uma sensação de forte opressão no peito refletia-se por todo o tórax. A cabeça espelhava os reflexos da dificuldade. Um vendaval de pensamentos de rumo incerto.

Em dado momento, recebeu com alento a visita de uma enfermeira. Seu olhar era tranquilizante. Foi logo perguntando.

– Como está, meu caro?

Após longos instantes respondeu:

– Acho que mal.

– Mas, por quê? Tenha bom ânimo!

– Bom ânimo?

– As dificuldades são passageiras!

– !?!

– Você está sendo muito bem cuidado aqui, não?

– Sim. Estou. – respondeu depois de pensar um pouco.

– Então?

– O problema é comigo mesmo. Alguma coisa me diz que vou desencarnar… Morrer, sabe? Isso está me deixando muito angustiado.

– Mas por que meu amigo? Tudo na vida tem um curso tão natural.

– Natural? Eu tenho dois filhos para cuidar. E família também.

– Você sabe orar? – perguntou.

– Sim, sei.

E logo indagou:

– Qual é o seu nome?

– Alda.

E, aí, a enfermeira, solícita, voltou a falar:

– Se importaria se fizéssemos uma oração por você?

– Oração? De forma alguma. Podem fazer. Qualquer coisa. O que precisar.

– Aguarde um pouco que vou trazer uma amiga. Fique tranquilo. Volto já.

Foram poucos minutos que pareciam uma longa espera. O mal estar não deixava margens para confiança. Estava mal mesmo. Precisava de assistência urgente. O futuro incerto parecia cada vez mais presente. Mostrava-se assustado. Aflito.

Foi aí que chegaram duas enfermeiras. Alda e uma outra cujo nome não conseguiu memorizar. Postaram-se ao redor do leito, de forma silenciosa. Alguém que não pode precisar quem, leu pequeno trecho evangélico: “Vinde a mim todos vós que estais aflitos e sobrecarregados, que eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei comigo que sou brando e humilde de coração e achareis repouso para vossas almas, pois é suave o meu jugo e leve o meu fardo (Mt 11: 28 a 30.).

Estranha sensação de paz se apossou do internado.

Logo a seguir, começaram a orar. Faziam a prece numa linguagem ininteligível.

Tentava de todo modo entender o que diziam, mas não conseguia. Entregou-se então.

Percebeu que as orações incluíam movimentos suaves de mãos e braços. Sentiu que recebia uma transfusão de energias. Um passe? Pensou. Sim. Isso mesmo. Por essa ocasião já era adepto do Espiritismo, mas sem maior convicção. Tangenciara o Espiritismo, mas este não estava, ainda, dentro dele.

As sensações eram tranquilizadoras. Sentiu um bem estar indizível. Após a sessão, Alda falou:

– Pediram-lhe um Raios-X, não é?

– Sim – respondeu.

– Vamos lá ao serviço de radiografias.

Amparado por aquelas criaturas simpáticas e amigas chegou ao local do exame.

Viu que Alda falou alguma coisa. Perguntou o que havia dito. Ela acenou com a cabeça e disse:

– Nada. É com minha amiga aí.

Olhou para trás, meio desconcertado.

– !?!

Não viu ninguém. Alda também logo desapareceu nos corredores do hospital. Que pessoa humana, pensou. Uma profissional admirável. Deve ser um orgulho para a categoria. Enaltece o hospital. Valoriza a vida.

***

Logo teve alta. Voltou para casa. Melhorou muito. Sentia-se outro. Muito mais bem disposto.

Procurou lembrar-se de uma expressão usado por Alda. “Bem animado?” Não. Parecia iniciado com Bom. Isso! “Bom ânimo”.

Resolveu voltar ao hospital para agradecer o bom atendimento que havia recebido. Comprou, flores para presentear Alda e sua assistente. Esteve no pavimento onde havia sido atendido. Perguntou pela enfermeira. Não estava de plantão. Pediu para identificar quando estaria de novo. Não souberam responder. Indagou na administração para obter telefone, endereço ou informações da escala de trabalho.

– Quando esteve internado aqui?

– Há duas semanas atrás.

– Não temos ninguém aqui em nossos quadros com esse nome, senhor.

– Tem certeza?

–Claro! Estou consultando o cadastro de empregados e colaboradores voluntários.

***

Não teve mais dúvidas. Seu “bom ânimo” era agora outro.

Bom ânimo, por Antônio Carmo Rubatino.

Fonte: http://joomla.feig.org.br/content/bom-%C3%A2nimo-ant%C3%B4nio-do-carmo-rubatino-novo.

Read Full Post »

Faixa Encontros de Luz

O Grupo da Fraternidade Mãos de Luz promove, neste mês de março de 2016, os “Encontros de Luz”, palestras espíritas proferidas pelo companheiro Nacip Gômez, de Lagoa Santa/MG, em que o tema central é o Evangelho.

Dia 02, quarta-feira, 20h, no Recanto da Vovó Ana (Rua Aporé, 521, Aparecida, Belo Horizonte/MG), com o tema: Jugo leve;

Dia 03, quinta-feira, 19h30, na Sociedade Espírita Caminheiros da Luz (Rua Jussara, 10, Caiçara, Belo Horizonte/MG), com o tema: Pescador de homens e de almas;

Dia 06, domingo, 20h, na Casa Espírita Nosso Lar (Rua das Orquídeas, 237, Centro, Serra do Cipó/MG), com o tema: O Evangelho para o mundo de transição;

Dia 10, quinta-feira, 20h, no Grupo Fraternidade e Amor (Rua Siderose, 1031, Caiçara, Belo Horizonte/MG), com o tema: Deixai os mortos enterrarem seu mortos;

Dia 20, domingo, 08h15, no Centro Cristão Espírita Casa do Caminho (Rua Antônio Valentino Pacheco, 176, Bela Vista, Sete Lagoas/MG), com o tema: O Evangelho e Jesus;

Dia 29, terça-feira, 20h, no Centro Espírita Manoel Maria da Silva (Rua Conde Valadares, 170, Nova Cachoeirinha, Belo Horizonte/MG), com o tema: Bem aventurados os mansos;

Dia 31, quinta-feira, 19h30, na Casa de Caridade Herdeiros de Jesus (Rua Sete Lagoas, 274, Bonfim, Belo Horizonte/MG), com o tema: O espiritismo e o progresso.

No dia 12, sábado, 20h, palestra com José Márcio, no Grupo da Fraternidade Mãos de Luz (Av. Álvaro José dos Santos, 1.185, Lagoa Santa/MG), com o tema: Os quatro Evangelhos.

Agende-se e participe!

José Márcio

Read Full Post »

Cuidar do meio ambiente é preservar a vida

O Grupo Espírita Zenóbio de Miranda, de Carandaí/MG, promove o ciclo de palestras dos sábados no mês de março de 2016.

Confira, abaixo, a programação:

Dia 05; tema: Lei de adoração; palestrante: Emerson de Oliveira Pedersoli, do Lar Fraternidade Espírita Maria de Nazaré, de Belo Horizonte/MG;

Dia 12; tema: A transformação pelo amor; palestrante: Ricardo Melo, do Grupo da Fraternidade Espírita Irmã Scheilla, de Belo Horizonte/MG;

Dia 19; tema: O espiritismo no lar; palestrante: Ricardo da Silva Souza, do Grupo Espírita Irmã Angélica, de Conselheiro Lafaiete/MG; e,

Dia 26; tema: Caminho, verdade e vida; palestrante: José Márcio de Almeida, da Casa de Caridade Herdeiros de Jesus, de Belo Horizonte/MG.

Todas as palestras tem início às 19h30. O Grupo Espírita Zenóbio de Miranda está localizado à Rua João Blazutti, 222, Bairro Estação, em Carandaí/MG.

Agende-se e participe!

José Márcio

Read Full Post »

Logo AJE Brasil

1. A AJE-Brasil (Associação Jurídico-Espírita do Brasil) posiciona-se contrariamente à proposta de se estender as hipóteses de aborto legal às mulheres grávidas infectadas pelo vírus zika, como forma de se evitar o nascimento de crianças que possam vir a sofrer de microcefalia, como vem sendo reivindicado por parcela da imprensa e da sociedade civil. E assim o faz por diversas razões:

. o aborto é contrário ao fundamental direito à vida e encontra suas excepcionais hipóteses previstas restritivamente em lei e num específico caso de construção jurisprudencial;

. a microcefalia não é incompatível com a vida, embora possa acarretar deficiências, tal como sucede em diversas outras síndromes;

. a autorização para a prática do aborto com base em mero prognóstico é medida que afronta a leitura restritiva que há de ser feita das hipóteses legais de abortamento;

. a autorização para a eliminação da vida como modo de se evitar o nascimento de criança com deficiência é medida de eugenia que contraria os princípios constitucionais da dignidade da pessoa humana e da solidariedade.

2. Por outro lado, a AJE-Brasil apela às gestantes que tenham sido infectadas com o vírus zika para que mantenham a gravidez e recebam seus filhos com amor e dedicação, ainda que acometidos de alguma deficiência.

Compreende-se a dor e a aflição da gestante e do pai diante da notícia de um possível diagnóstico de microcefalia do filho, o que lhes exigirá a superação do equívoco de que apenas as vidas perfeitas valem a pena ser vividas; e lhes despertará para o intenso amor que demanda maior dedicação e entrega à delicada criança, numa experiência de singular sensibilidade.

3. Ademais, diante do aumento de casos de crianças com microcefalia, a AJE-Brasil concita a sociedade brasileira como um todo, e os poderes públicos, em particular, a adotarem providências que garantam o necessário apoio material e moral às gestantes e seus companheiros, para que bem possam levar a termo a gravidez. E também a adotarem providências efetivas que garantam a atenção e o desenvolvimento das crianças com deficiência.

Cabe ao Poder Público, em suas três esferas de ação e de acordo com as atribuições constitucionais de competências, fortalecer, com urgência, a rede SUS para acolher as gestantes infectadas pelo vírus zika, garantindo-lhes pré-natal e parto com as especificidades inerentes a tal situação, bem como assegurando às crianças que vierem a nascer com eventuais deficiências decorrentes de microcefalia, por meio de eficiente Rede de Apoio Psicossocial, atendimento médico, psicológico, terapêutico e fonoaudiológico necessários e efetivos, a tempo e modo, de maneira a lhes assegurar, em sua máxima potencialidade possível, seu desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade.

4. Por fim, a AJE-Brasil convoca os órgãos do Movimento Espírita brasileiro (entidades federativas, entidades especializadas e centros espíritas) e aos espíritas em geral, a organizarem programas e serviços assistenciais voluntários destinados ao acolhimento emocional e espiritual das gestantes que tiverem sido infectadas com o vírus zika, bem como ao pleno desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade, dos filhos que vierem a nascer com eventuais deficiências decorrentes da microcefalia.

5. A AJE-Brasil reitera sua convicção de que a defesa da vida humana – qualquer que seja sua condição física ou mental –, a empatia diante do sofrimento alheio, o acolhimento fraterno às pessoas que enfrentam dificuldades em suas trajetórias existenciais e a dedicação solidária ao próximo são lições consagradas pelo Cristianismo e adotadas pela Doutrina Espírita codificada por Allan Kardec, mas que caracterizam todo ser humano, independentemente de denominação religiosa ou ausência de religião, como reverência à dignidade humana e como expressão de incondicionado amor ao homem, perfeito ou não.

Brasília, fevereiro de 2016.

Fonte: http://www.ajebrasil.org.br/NOTA_AJE_BRASIL.pdf.

Read Full Post »

BodyO Espiritismo está sendo retratado no filme “Body” (corpo).

O longa polonês prossegue em cartaz na cidade de São Paulo e agora também nas cidades de Porto Alegre e Rio de Janeiro.

A obra cinematográfica tem como personagem principal um policial legista que tem como trabalho lidar diariamente com os mais diferentes tipos de cadáveres, nas mais diversas situações.

Desde que sua esposa desencarnou sua relação com a filha não tem sido das melhores, a ponto da garota estar à beira do suicídio. Os dois enfrentam o luto de formas diferentes, quando surge Anna, a terapeuta responsável pela futura psicografia da mãe desencarnada, que acredita poder resolver o problema através do Espiritismo.

A personagem psicografa mensagens de entes queridos e relata sua admiração pelo Brasil citando como exemplo, os 20 milhões de adeptos ao Espiritismo. “E os brasileiros não são indiferentes as dores e sofrimentos das pessoas, como nós, os poloneses somos”, afirma a personagem em determinada cena.

“Body” que passa a ideia de mensagens e conteúdos espíritas e espiritualistas traz no final a mensagem “A pessoa que ama nunca fica doente”, de Divaldo Pereira Franco.

Fonte: http://radioboanova.com.br/editorial/filme-polones-body-cita-divaldo-franco/

Read Full Post »

Camille Flammarion (26/02/1842 - 26/02/2016)

Camille Flammarion

“Eu nasci num sábado a uma hora da manhã no vilarejo de Montigni-le-Roi, no cantão do departamento de Haute-Marne, então com 1267 habitantes”. Este relato consta do seu livro “Mémoires Biographiques et Philosophiques d’um Astronome”. Este ano, a revista L’ Astronomie, órgão oficial da Sociedade Astronômica da França, SAF, fundada por C. Flammarion em 1886, está completando seu 130º aniversário. Pouquíssimas publicações astronômicas no mundo conseguem chegar a essa longevidade. C. Flammarion faleceu aos 83 anos no Observatório de Juvisy, em 03 de junho de 1925 às 16 horas .Deixou 11 obras de astronomia prática, 13 obras filosóficas, 9 de ensino da astronomia, 8 de ciências gerais e 5 de variedades literárias. Ficou conhecido como o “Mestre de Juvisy” e “O Poeta do Céu”. Através da ciência, filosofia e poesia, levou milhares de pessoas a se interessar pela astronomia. Seu primeiro grande livro de sucesso “A Pluralidade dos Mundos Habitados” é uma notável previsão que se confirmou com a descoberta dos exoplanetas.

Flammarion foi amigo pessoal e dedicado de Allan Kardec, tendo sido convidado pelo Comitê Central da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas com o endosso da Sra. Allan Kardec, a fazer um discurso junto ao túmulo do Codificador no Cemitério de Montmartre num triste dia de dezembro de 1865 a quem denominou “o bom senso encarnado”. Mais tarde seus despojos mortais foram para o monumento druídico no Cemitério Père-Lachaise em Paris. O discuro de C. Flammarion pode ser conferido na íntegra em “Obras Póstumas” de A. Kardec.  C. Flammarion foi o que mais valorizou a construção do conhecimento espírita a partir da metodologia empírica e positivista.

Camille Flammarion: há 174 anos uma nova estrela brilhou no céu, por Nelson Travnik. O autor é espírita e astrônomo, Membro Titular da Sociedade Astronômica da França. (g. n.)

Read Full Post »

Older Posts »